480 mil exposições

In Magazine moinhos digital, registra na sua primeira edição um número que impacta. Está exposta em mais de 480 mil telas. de smarts. tablets, notes e plasmas. Isto é a expressão dos conteúdos digitais e sua incidência nos digital actors, denominação que substitui a antiga audiência e telespectadores da época do rádio e da tv respetivamente. O digital actors não é passivo, dispõe da interatividade, age, reproduz mensagens e as transfere para amigos, grupos ou simplesmente para o ambiente e espaço onde outros digital actors interagem.

Progressão geométrica, onde o e-marketing, consegue transformar apenas duas mensagens, em mais de 300 exposições onde esse conteúdo fica disponível.
Mudanças para melhorar o desempenho de empresas e negócios.
Ferramentas para atender com qualidade o digital actor que sustenta tudo.

O consumidor.  clique e veja mais

 

Anúncios

Digital Actors,números que assustam.

O mundo digital não para de construir cifras, número que nem sabes expressar. Provavelmente passaram a ser expressados em formato de potencia , sei la 3x, apenas para sair de zeros e um. Projeções geométricas que passam a indicar relações com os chamados digital actors, esses como eu aqui, que recebo e compartilho com alguns, sem ter muito claro com quantos. Hoje uma agencia canadense, criou um video que se converteu em viral. Uma parodia do efeito clik da interatividade. Expressão que parametriza e mede, o relacionamento com o público digital actors.

No entanto, foram os dados sobre nossa recente publicação In magazine moinhos digital, os que já tinham provocado o sincero assombro.

221804 pontos de exposição. isto poderia ser comparado a bancas de jornais e revistas, onde os digital actors tomam contato com a capa da publicação. Porém quando selecionados os leitores que mais interessam, pela proximidade geográfica e regional, encontramos valores mais racionais, no entorno dos 1.200/ dia, com a particularidade de crescimento acima do 100%/dia.

Interessante, mas verificando um teste de aceitação, mediante e-marketing e valorização conforme metodologia qualitativa, deparamos com: a partir de 1/3 dos e-mails efetivamente abertos, o desdobramento em redes sociais (92% de propagação, sendo 4%no twitter e 3% no Facebook.  O fato concreto 12 a 5ª potencia, para expressar a projeção da quantidade de digital actors, perante os quais o assunto passou. 3% no smart ou tablet. Rsrs, de certo que devemos voltar a aprender a contar e fazer da álgebra nosso sistema.  De consolo, se os antigos egípcios e gregos já conseguiam realizar estes cálculos, hoje pelo menos estamos com a vida bem mais simplificada. Mas para os métricos e decimais, a mudança é bem concreta e assusta.

Saiu Inmagazine moinhos digital – Gostou? curte

Av Independência – Porto Alegre

Desde o Encouraçado Butikin até o Bambu’s
atual. Cada um no seu tempo.
Hoje, mais relacionada como a rua das noivas, tradicional passagem obrigatória quando eventos e celebrações requerem vestimenta adequada. Mesmo que as manhãs continuem a apresentar os estudantes encerrando sua noitada.A tradição continua. O exponencial também. Referências do momento em que a Avenida Independência começa sua integração global como parte de uma Host City World Coup Fifa2014. A mulher no seu novo papel. Empresária,independente, mais elegante e charmosa como look habitual. Gerando tendências na moda.Exibindo a sua beleza e cuidados estéticos.Arte que chega até o ambiente onde trabalha e mora.

Arte global no sabor apurado das delicatessens que um Chef francês oferece. Imigrante que faz chegar a combinação de sabores e formas,
de cores e aromas. fazendo da gastronomia um momento sublime e único.
A tradição permanece.
Os estudantes continuam a amanhecer, voltando a casa.

Revistas Gratis

Escolha os assuntos que mais gosta e receba no seu tablet, smartphone ou note, e-Magazines digitais com as últimas novidades.
VEJA MAIS

Digital Actors interacting in people.

Gutember deu vida ao livro, ao jornal e aos leitores. Quando o rádio estabeleceu o conjunto de ouvintes, o termo audiência definiu o conjunto de pessoas ligado nesse meio de comunicação. A TV incorporou o telespectador, afinou a mídia e métodos de estudo de preferências, horários  tipos de programação que durante anos pautaram custos, resultados e limitaram o acesso de anunciantes. A internet, a rede desenvolveu o conceito de internauta de surf na web. Uma nova forma de interatuar entre pessoas e trabalhar. Não é a toa que Microsoft, Apple, suplantaram a IBM, Olivetti, Burroughs na liderança e tornaram-se ícones, até mesmo em Wall Street. Porem tecnologia não é meio em si mesmo, é o suporte, o carrier  sobre os quais os novos meios de comunicação começam a delinear novas formas de comunicação. Pois bem, este novo genérico de leitores, audiência, telespectadores que os novos meios sustentados na internet, HD, conteúdos e entretenimento são os digitalactors. Uma expressão nova que define o processo da comunicação digital e dos novos meios e mídia atual. A virtualidade é suplantada pela realidade gerada a partir de conteúdos. Seja no youtube, digital magazines, Instagram, bambuser, ou dezenas de places de relacionamento e suas derivações nas Redes sociais. Num tablet, smartphone ou note, haverá um digitalactors condicionado a seu próprio papel. Interagindo, opinando, refletindo conceitos sobre insights  sobre mensagens recebidos.

As máquinas e sistemas, são brilhantes no processamento e classificação dos digital actors. Fantásticos avanços de Google adword, na segmentação  No detalhe e colocação das impressões. Mas o principio como são conduzidos não são tão distantes assim do Gutemberg e do manejo do telespectador. O link deve completar-se com conteúdo atual, capaz de encantar e criar um insight positivo e motivante no digitalactor, que por sua vez atuará como amplificador. Curtir? G+1?, não são opiniões apenas. São o receptor final dos novos meios digitais. Essa mídia determina as mudanças em comportamentos, no Branding real de produtos e serviços. O mailing indiscriminado agora é apenas Spam. Anacronismo de quem quer comunicar algo mas erra feio quando pensa que o telespectador receptivo, continua passivo. Ele é um digitalactors aberto, ativo e relacionado em rede. Muitas grandes empresas, a começar pela Kodak, não souberam dar valor ao seu principal patrimônio. Seus clientes, hoje digitalactors.