Quando a Moda é ser besta.

Sim, a própria. Aquela que trabalha sem pensar. Numa perfeita simbiose, a comunicação e consumidores assumem o papel de bichos com orelhas grandes, mas absoluta incapacidade de processarem no inteleto aquelas mensagens a eles dirigidos. Como assim?

No ex horário nobre da TV, os espaços são disputados por supostos políticos a procura de empregos e mega, hiper o outros superlativos do velho supermercado, meta fazer comerciais vendendo cebolas e batatas.

Convenhamos, apos o Tiririca o último produto criativo da politica, temos o retorno aos princípios da era moderna. Auto afirmação de coisas escritas que o sujeito nem pensa nem acredita. Claro como voto é obrigatório, alguém leva. Manuela beleza, foi convertida apenas numa estudante global. Sem charme nem beleza. Tudo enquanto a Divisão de marketing do mega store planifica a nova campanha da batata rosa sem grelo. Deve ser para alimentar os esqueletos do criativo comercial de cerveja. Como não lembro da marca, vale deduzir: Cerveja mata.

Ainda acreditamos que vender seja um ato de respeito. O que é om vende.Claro, não para bestas.

Anúncios

Deixar uma Opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s